Efeitos medicinais do Alho Martelo

As propriedades do Alho Martelo são mais fortes quando este se encontra fresco, no entanto conserva parte das suas propriedades quando cozinhado, nomeadamente as propriedades de regulador da tensão arterial. O alho é eficaz no combate às  bactérias, fungos, parasitas e vírus. Isto sugere um super medicamento, e na realidade é realmente isto que o alho é

 

  • Combate as infecções - às vezes melhor que a penicilina

  • Combate os vírus - algo que a penicilina não faz

  • Diminui a gordura no sangue - previne tromboses

  • Baixa a tensão arterial - benéfico para o coração e vasos sanguíneos

  • Baixa o colesterol - benéfico para os vasos sanguíneos e coração

  • Alivia a  bronquite e limpa as vias respiratórias

  • Estimula a  secreção da bílis para o duodeno

  • Actua contra a nicotina. O alho pode ser utilizado como antídoto contra a nicotina e alívio dos fumadores crónicos

  • Receita de mel de alho para o alívio das constipações

  • Receita medieval de uma bebida saudável

  • Receita contra verrugas

 

O alho contém milhares de substâncias

Um Alho Martelo suculento, escondendo um manancial de nutrientes O alho é uma pequena farmácia. Além das vitaminas A, B e C, proteínas e minerais, o alho contém ainda aliína, um misterioso aminoácido  rico em enxofre. Assim que os tecidos do alho são danificados quando se  cortam, picam ou esmagam, forma-se uma outra substância, a alicina - dialiltiosulfinato - a partir do aminoácido aliína. Forma-se ainda uma enzima chamada aliínase. Na realidade ainda se sabe pouco das substâncias existentes no alho, no entanto os estudos que se seguem mostram que o alho começa a ser levado a sério e que se começa a dar mais atenção ao estudo das suas substâncias.

Novos estudos revelam que o alho pode diminuir o risco de cancro no estômago e intestino grosso

Um estudo apresentado em Outubro de 2000 na revista médica American Journal of Clinical Nutrition, mostra que as pessoas que  comem alho, cru ou cozinhado, baixam para metade o risco de contrair cancro no estômago. É mostrado ainda que o consumo regular de alho baixa em dois terços o risco de contrair cancro no intestino grosso.
Os investigadores, liderados pelo professor Lenore Arab da Universidade da Carolina do Norte, reuniram cerca de 300 estudos, realizados em todo o mundo, para determinar a relação entre o consumo de alho e o cancro.
Estudos anteriores demonstraram que o allium, uma substância contida no alho, protege em parte os animais contra o cancro, e muitos investigadores crêem que o efeito é o mesmo nos humanos. Acredita-se ainda que o alho ajuda a prevenir o cancro do estômago por causa do seu efeito anti-bacterial, que no estômago ataca as bactérias conhecidas por estimularem o desenvolvimento deste tipo de cancro.

Os efeitos preventivos do cancro do estômago e intestino grosso estão apenas relacionados com o consumo de alho "verdadeiro", e estes efeitos ainda não foram observados no consumo de alho sob a forma de cápsulas ou tabletes. Acredita-se que as substâncias activas do alho são danificadas durante o processo de manufactura destes produtos, ou quando estes são mantidos nas prateleiras das lojas por muito tempo.

O estudo relaciona apenas o consumo de alho com a diminuição do risco de cancro no estômago e intestino grosso, e não com outros tipos de cancro. Para mais informações consulte o American Journal of Clinical Nutrition.

 

O Alho Martelo contra as verrugas

Rale um Alho Martelo com sal marinho fino e algumas gotas de vinagre. Deixe a mistura num lugar fresco durante alguns dias. A receita deverá ser usada apenas contra as verrugas, e funciona como o azoto líquido.

 

| Topo | Página Inicial |

Última Actualização 2002-06-26